thiaramacedo
Eu quis ligar pra alguém. Contar o que tinha acontecido, e que doía. Mas não havia ninguém ali. Ninguém com que eu pudesse contar. Ninguém disposto a abrir mão do sono para ouvir minhas queixas. Ninguém que se importasse. Então eu virei pro lado e a dor veio. Rápida. Forte. Devastadora. Senti minha alma se rasgando ao lembrar daquelas palavras. E dói. Ainda dói.
Os 13 porquês (via thiaramacedo)
sorriso-so-risos
Eu chorei feito criança. Eu desabei naquela mesa. Eu gritei pra minhas amigas que ainda era ele. Que nenhum daqueles caras a nossa volta me interessava. Que eu tentei negar, tentei esquecer, mas de nada adiantou. Eu só não aguentava mais fingir, só não aguentava mais ficar por ai sorrindo, como se fosse a coisa mais fácil do mundo viver sem ele.
Confissões de uma bêbada.  (via sorriso-so-risos)